Central de Atendimento 24h: (11) 4063-9653.

Central de Atendimento

ARTIGO: Palavras que você deve evitar nos seus textos

1 de setembro de 2015

Está desenvolvendo um artigo e está com dúvidas? É normal! Escrever um artigo não é tarefa fácil e você sabia que existem termos que podem prejudicar a qualidade das suas produções textuais? A seguir, veja quais são elas!


Escrever um artigo de modo objetivo e sucinto costuma ser um desafio para muitos estudantes, sobretudo aqueles que não têm o hábito de ler e, por isso, costumam encontrar dificuldades para se expressar na hora de elaborar seus trabalhos acadêmicos. No entanto, para que você possa elaborar bons artigos acadêmicos comece dando pequenos passos como, por exemplo, eliminar termos que não são bem vistos em trabalhos acadêmicos.

A seguir, confira uma lista de palavras que você deve evitar em seus artigos acadêmicos.

Artigo — Palavras que devem ser evitadas

1. Fui

Numa narrativa em primeira pessoa, por exemplo, usar o verbo "ir" pode ser um modo um pouco simplista de se expressar, já que existem muitas maneiras de chegar a algum lugar. Então, não fique apenas no básico — Diga que você "dirigiu até a farmácia", "caminhou até o ponto de ônibus", ou "correu até sua casa", por exemplo.

2. Absolutamente

Esta é uma palavra que geralmente reforça uma ideia, ou seja, se você diz para alguém que ela "está absolutamente correta", não quer dizer outra coisa senão que ela está certa. Este advérbio é um mero acessório de ênfase, de modo que você deve usá-lo com parcimônia para não soar redundante.

3. Muito

Usar este termo em excesso pode demonstrar ao seu leitor que você tem preguiça de pensar em uma palavra que compreenda a magnitude do que você quer dizer. Por exemplo, você pode dizer que está "muito triste", mas não seria mais sintético falar que está "melancólico"? Afinal, a ideia transmitida é a mesma. No caso de quantificar alguma coisa, como o número de pessoas que estão matriculadas em universidades particulares, seja mais específico — Aponte os dados, porque ser genérico pode apenas prejudicar sua argumentação.

4. Sempre

Este termo, assim como "nunca", tende a ser um exagero da parte do autor, pois dificilmente ele age da mesma maneira todas as vezes que se vê diante de determinada situação. Para que você não passe uma informação falsa, evite-o — Use "sempre" apenas quando tiver que transmitir uma instrução.

5. Coisa

Este é um termo genérico que não diz nada! Por isso, utilizá-lo em produções textuais pode não ser uma boa ideia. Se não há uma maneira de descrever essa "coisa", ou outra palavra para substituí-la, o melhor a fazer é não escrever essa frase.


Viu como é fácil fazer o seu artigo? Se precisar de ajuda, solicite nosso apoio acadêmico.

Artigo — Apoio Acadêmico