Central de Atendimento 24h: (11) 4063-9653.

Central de Atendimento

ARTIGO: Como escrever um artigo científico?

1 23 de julho de 2015

Precisa escrever um artigo científico e não sabe por onde começar? Calma, é nomal! Escrever  um artigo científico pode ser uma tarefa complicada quando não se conhece sua serventia e estrutura básica. A seguir, confira nossas dicas!


As dicas deste post servem como conselhos baseados em técnicas de redação de textos científicos. No entanto, nada substitui o auxílio de uma orientação acadêmica, este artigo não visa a formação de autodidatas, mas apenas auxiliar estudantes a iniciarem sua caminhada no mundo da publicação científica.

Artigo — Como escrever?

1. Para que serve um artigo?

Um artigo, basicamente, é um argumento. Isto é, você não quer apenas contar quais foram os resultados do seu trabalho. Você também precisa contar suas descobertas sobre como funciona determinado assunto.

Assim, elabore seu artigo de maneira clara, explicando a originalidade e a relevância do seu estudo. Uma excelente pesquisa não publicada é tão inútil quanto uma pesquisa que nunca foi feita. Para tornar mais claros o formato e a linguagem a serem usados, pergunte-se sempre: "Por que estou escrevendo esse texto?", "Que história quero contar?" e "Para quem?".

2. Autoria

Hoje em dia as coautorias têm se espalhado por toda a comunidade acadêmica/científica. Geralmente, merece ser autor de um artigo quem:

• Fez contribuições substanciais para sua concepção e design; ou aquisição, análise de dados e interpretação de resultados;
• Esteve envolvido na elaboração do artigo ou fez críticas importantes ao seu conteúdo intelectual;
• Deu aprovação à versão final a ser publicada.

Confira quem deve ser incluído na lista de autores de um artigo, aqui.

3. Publicação do artigo

É fundamental escolher muito bem a revista/periódico a qual submeterá seu artigo. Antes de qualquer coisa, pense qual é o escopo do seu trabalho: Qual é a ciência principal e a subárea às quais ele pertence, que tipo de abordagem você usou, entre outras questões.

Depois de fazer essa reflexão, tente ranquear as revistas por qualidade, considerando seu escopo, sua reputação (ela já publicou muitas descobertas influentes na área?), seu alcance (a quantos países chega, tem versão online, é de livre acesso, entre outros) e também seu fator de impacto — Peça a opinião de colegas também, para avaliar a parte subjetiva da qualidade da revista.

Quando escolher a melhor revista, escreva e formate seu artigo de acordo com as normas da revista. Veja se a revista tem arquivos-modelo para referências e estrutura de tópicos de Mendeley, EndNote, Reference Manager, Zotero ou BibTeX que facilitam muito o trabalho — Confira mais informações sobre softwares bibliográficos aqui, aqui e aqui.

4. Idioma

Preferencialmente, escreve o artigo em inglês — Língua franca da contemporaneidade. Assim, um número muito maior de pessoas de diversos países poderão ler/ter acesso ao seu texto.

Tenha em mente que para escrever bons artigos científicos é necessário dominar a língua inglesa. Se você ainda não domina, faça um curso e aprenda pelo menos a escrever em inglês — Também tenha sempre à mão dicionários e livros de gramática inglesa.

5. Título

O título é negligenciado por muitos estudantes, por ser considerado apenas uma obrigação burocrática. No entanto, o título deve ser atraente para convidar os leitores — Deve ser conciso, informando de maneira direta o assunto e o que ele tem de mais interessante.

Também não caia na besteira de achar que um artigo deve ser feito como um filme de suspense, guardando as revelações para o final — Esse é um erro primário! Conte logo no título o que o seu trabalho tem de mais relevante e fisgue o seu leitor. Você pode escrever o título por último, pois provavelmente estará mais inspirado ao final da redação do artigo.

6. Ordem de Escrita

Com base no "moral da história", ou seja, a mensagem principal que você deve redigir o seu artigo. Tudo no artigo deve girar em torno dela e todas as seções devem ser escritas tendo ela como base.

Assim, defina a estrutura de tópicos do artigo que embasam a argumentação. Depois, escolha quais resultados entrarão no texto, porque sustentam a moral da história, e quais resultados são muito superficiais e devem dicar de fora. Depois, decida quais resultados serão apresentados como figuras, tabelas ou texto corrido — Capriche muito na elaboração desses elementos!

Depois, escreva a seção de resultados, com base na estrutura que norteou a discussão. Após escrever os resultados, faça a introdução, também tendo em mente os tópicos norteadores. Chegando nesse ponto escreva o resumo, com foco nos objetivos e conclusões. Só então escreva o título, focando em deixar a moral da história bem clara.

Agradecimentos devem ser escritos paralelamente às outras seções, conforme for lembrando de todas as pessoas/instituições que auxiliaram no projeto.


Viu como é fácil escrever o seu artigo? Se precisar de ajuda, solicite nosso apoio acadêmico.

Artigo — Apoio Acadêmico

* Fonte: Sobrevivendo na Ciência