Central de Atendimento 24h: (11) 4063-9653.

Central de Atendimento

TCC: Problema da pesquisa não é o problema (Parte II)

1 15 de julho de 2015

Chegou a hora de desenvolver o seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) e você está com dúvidas? Calma, é normal! O TCC é um trabalho importantíssimo para os estudantes que estão finalizando sua graduação, a seguir confira nossas dicas para simplificar o processo de pesquisar/escrever o seu trabalho de conclusão.


No último post, explicamos melhor o que é a problematização do TCC, agora é hora saber como determinar e escrever o problema da pesquisa. Confira!

TCC — Como determinar e escrever o problema?

Determinar o problema da pesquisa é muito mais simples do que se imagina — São necessários 4 passos básicos:

TCC — Problema

1. Conhecimento prévio — Relacione suas questões ou suas "curiosidades" que não foram respondidas pela revisão bibliográfica até este momento

Há casos em que o estudante/pesquisador já tem "curiosidades" que podem ser convertidas em problemas de pesquisa. Porém, são perguntas para as quais se deve experimentar buscar respostas na literatura. A primeira parte da revisão bibliográfica serve exatamente para buscar essas respostas.

Suas questões iniciais podem ser convertidas em problemas de pesquisa somente após uma revisão bibliográfica bem feita — O que pode auxiliar a encontrar respostas (diretas e/ou indiretas). Isso também é ótimo, mas descarta suas questões originais.

2. Literatura — Encontre e relacione questões em aberto, as quais estão presentes na conclusão de outros trabalhos

Reconheça lacunas em trabalhos anteriores, através de uma leitura atenta. Todo o esforço de leitura e estudo da literatura é muito eficaz para estabelecer um problema de pesquisa. Afinal, outros pesquisadores já realizaram pesquisas com o mesmo tema, apresentaram resultados, mas certamente não puderam responder à todas as lacunas comuns a todo tipo de estudo.

Dessa forma, você pode encontrar questões na literatura, pois muitos autores declaram limitações e oportunidades de trabalhos futuros na conclusão de suas obras — Portanto, preste atenção à seção de conclusão.

3. Orientador —Discuta os potenciais problemas de pesquisa

Não importa em qual dos passos anteriores você identificou um ou mais potenciais problemas de pesquisa: discuta-os com o seu orientador.

O problema também deve refletir uma curiosidade científica relevante, com potencial de ser compartilhada por mais pessoas. É provável que você não consiga encontrar uma curiosidade científica irrelevante, mas certamente há questionamentos mais importantes que outros. E claro, um questionamento mais importante é sempre preferível.

Neste caso, decisões compartilhadas entre você e seu orientador são melhores que decisões individuais; especialmente para o seu TCC que deverá consumir um bom tempo para ser realizado e exigirá cooperação entre vocês.

4. Problema — Após escolher a questão de interesse, escreva-a na forma de um problema de pesquisa

É preciso estruturar o problema do TCC logo após escolher a pergunta aparentemente sem resposta; a curiosidade científica.

O TCC deve objetivar responder ao problema de pesquisa, empreendendo procedimentos metodológicos válidos e buscando resultados autênticos. Portanto, o problema deve ser elaborado de maneira a ter uma resposta — Uma pergunta para a qual seja impossível ou inviável responder não funciona como problema de pesquisa.

Como por exemplo, a pergunta "Como resolver a crise hídrica brasileira?" não tem uma resposta possível. Por outro lado, a pergunta "O controle de pressão no bombeamento de água para abastecimento urbano é eficaz para reduzir o desperdício na distribuição?", expõe as variáveis pressão e desperdício.

O relacionamento entre as variáveis deve ser possível através de um método controlado, crítico e aceito cientificamente. Portanto, o problema deve eleger variáveis sobre as quais se possa inferir alguma dependência. Há exceções, como no caso de pesquisas descritivas cujo objetivo seja observar e encontrar características de um objeto de estudo, sem que ocorra qualquer tentativa de observar causalidade.

Na segunda pergunta, por exemplo, existe uma dependência entre as variáveis pressão e desperdício. Considerando que variações de pressões causem danos à rede de abastecimento, que causam vazamentos, que são fontes de desperdício, vemos uma possível relação de dependência.

Por fim, uma generalização absoluta pode ser inviável. Assim, o problema deve ser elaborado de maneira a determinar seus limites de escopo.

Confira aqui a 'Parte I' deste guia de TCC.


Viu como é fácil fazer o seu TCC? Se precisar de ajuda, solicite nosso apoio acadêmico.

Solicite nosso apoio acadêmico